Vai preparar pizza em casa? Veja 5 erros que você não deve cometer

Postado em: Dicas

A pizza é um prato que praticamente todo mundo adora. E se você está acostumado com os pedidos por delivery, saiba que não é tão difícil preparar pizza em casa!

A base da pizza leva poucos ingredientes: farinha de trigo, sal, água, fermento, molho de tomate e queijo. E na hora do preparo do recheio, são muitas as opções, basta escolher a sua preferida.

Apesar da simplicidade, alguns detalhes no modo de fazer podem colocar em risco a qualidade de sua receita e, dessa forma, fazer com que ela não saia do jeito que você gostaria.

Por isso, hoje vamos mostrar 5 erros que devem ser evitados na hora de preparar pizza. Com as dicas deste post, não tem desculpa para você não fazer uma deliciosa pizza no conforto da sua casa. Confira!

1. Misturar o sal à levedura

Um conselho de quem realmente entende de pizza é: nunca misturar o sal na hora de preparar o fermento. O contato direto do fermento com o sal anula o efeito da levedura.

Para evitar o problema, basta que você misture os dois em água, porém, em recipientes distintos. Com isso feito, é só combiná-los com a farinha. Dessa forma, os danos à levedura são minimizados, pois a água anula parte da ação negativa do sal quando em contato com o fermento.

2. Deixar a massa descansar por pouco tempo

A massa de pizza precisa de dois repousos para crescer. O primeiro, logo após o preparo da massa, deve levar em média de duas a três horas, tempo necessário para fermentar a levedura.

Após esse período, a massa, que terá dobrado de volume, deverá ser dividida em pãezinhos, os quais serão colocados em formas para um novo descanso. Esse tempo, que será de cerca de seis a oito horas, garantirá a maciez da massa.

3. Manipular a massa em excesso

Após o tempo final de descanso, é chegada a hora de abrir a massa, que deve ganhar a forma arredondada característica de pizza.

Evite amassar e manipular em excesso cada pãozinho, pois isso fará com que a massa fique dura. O movimento correto para abrir a massa é estendê-la aos poucos com as pontas dos dedos.

4. Colocar todos os ingredientes do recheio ao mesmo tempo

Quando a opção é por uma pizza com grande variedade de ingredientes no recheio, tenha cuidado: eles devem entrar aos poucos. Cada um dos ingredientes tem um tempo médio de cozimento e, se eles forem colocados todos ao mesmo tempo, alguns poderão passar do ponto.

A dica é adicionar um ingrediente de cada vez, começando pelo molho de tomate, seguindo pelo queijo e depois pelas demais partes do recheio. Vale lembrar que a linguiça aguenta o tempo todo de forno, mas que o presunto cozinha rapidamente e, por isso, ele deve ser colocado só no final.

5. Errar na temperatura do forno ao preparar pizza

Nas pizzarias, as pizzas são assadas a 300 graus no fogão elétrico, e a 450 graus no fogão a lenha. No entanto, ao preparar pizza em casa, esses valores de temperatura não são alcançados pelo forno convencional.

Por isso, o aconselhável é usar a temperatura máxima. Vale lembrar, no entanto, que o forno deve ser preaquecido até que chegue à temperatura máxima. E aí sim, depois desse tempo, é a hora certa de colocar a pizza na parte inferior do forno.

Como vimos no post, alguns detalhes fazem toda a diferença para a sua pizza ficar perfeita.

E agora que você já sabe como preparar pizza sem erro, compartilhe o post com os seus amigos nas redes sociais. Eles também vão adorar as dicas!

Coloque o seu e-mail abaixo e receba em primeira mão as novidades do blog!

COMENTÁRIOS: