Taça com vinho branco com uma imagem de fundo elegante

Conheça as diferenças entre o vinho tinto, branco e rosé

Postado em: Dicas

O vinho é uma das bebidas mais antigas e, ainda hoje, muito apreciada — portanto, merece uma atenção especial. Ele combina muito com algo que a gente ama: a pizza. E essa combinação fica perfeita para uma noite entre amigos!

Que existe o vinho tinto, branco e rosé, você provavelmente já deve saber. Mas você conhece as diferenças entre esses vinhos?  Continue lendo nosso post que vamos explicar tudo para você:

Classificação

A cor que o vinho apresenta depende basicamente de dois fatores: a cor da fruta utilizada e o tempo de maceração (período em que as cascas ficam em contato com o suco para “tingi-lo”). Sobre a classificação de cor das uvas, temos:

  • Uva branca: casca e polpa sem pigmentos tintos;
  • Uva tinta: casca com pigmentos tintos;
  • Uva tintureira: casca e polpa com pigmentos tintos.

Em relação ao corpo, podemos destacar que os vinhos podem ser desde leves, encorpados, até pesados. O vinho, quando é leve, é saboroso, delicado, e representa a sensação de ser “fácil de beber”. Já o vinho encorpado apresenta mais densidade ao beber e maior concentração de compostos. É aveludado, com um sabor que permanece na boca.

Quanto à harmonização dos vinhos, de forma bem prática, podemos dizer que vinhos leves combinam com receitas leves, e vinhos encorpados combinam com pratos encorpados também. Ou seja, um acaba sendo o complemento do outro.

Vinho Tinto

Indicado para aquecer noites frias, esse, que é o vinho mais tradicional, pode ser obtido por meio das uvas tintas e tintureiras. Uvas bastante encontradas nesse tipo de vinho são: Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Pinot Noir, Barbera e Carmenere.

São vinhos que combinam com carnes fortes, como bovina e caprina, alguns peixes, como bacalhau, e também com queijos de sabor acentuado, como Roquefort, Gorgonzola, entre outros — desde que respeite o corpo do vinho, como visto acima. Experimente degustar um vinho tinto com uma pizza quatro queijos. Irresistível!

Vinho Branco

Os vinhos brancos podem ser obtidos por meio das uvas brancas ou das uvas tintas. Uvas tradicionais desse tipo de vinho são: Chardonnay, Sauvignon Blanc, Riesling (Itálica) e Semillon. No caso da produção desse vinho a partir de uvas tintas, a pele das uvas não é utilizada, para que não interfira na pigmentação.

Essa classe de vinhos tem corpo geralmente mais leve, adocicado e às vezes até refrescante, perfeito para noites quentes. São mais indicados para acompanhar pratos leves, como peixes grelhados, frutos do mar, e massas leves também, como uma bela e saborosa pizza, desde que contenha poucos condimentos.

Vinho Rosé

O vinho rosé, por sua vez, pode ser obtido por meio de uvas tintas. Porém, durante a produção, as cascas ficam por bem pouco tempo em contato com o restante do composto. Dessa forma, apenas uma pequena parte dos pigmentos é liberada e o resultado é um vinho de coloração bem suave.

De sabor leve, são indicados para acompanhar carnes magras, frango, legumes e verduras gratinadas, e massas leves e queijos também leves. Experimente o vinho rosé acompanhado de uma tradicional pizza marguerita!

Gostou das diferenças entre o vinho tinto, branco e rosé? Então compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos acertem também. Quem sabe você não recebe um convite para uma noite de pizzas?

Coloque o seu e-mail abaixo e receba em primeira mão as novidades do blog!

COMENTÁRIOS:

Ei, espere! Antes de ir embora, que tal fazer parte do nosso CLÃ?

Receba em primeira mão as nossas promoções e novidades sempre quentinhas. :)

Cadastre-se agora e já ganhe um presente!

Adoramos receber a sua visita. Que tal fazer parte do nosso CLÃ?

Receba em primeira mão as nossas promoções e novidades sempre quentinhas. :)

Cadastre-se agora e já ganhe um presente!